Uma viagem cheia de emoções através das crônicas de pessoas com manias. A mulher que ensacolava tudo, o narrador de trânsito, a menina que fazia barulho e o cara que falava “Arrombado”.