Boa noite mesmo que de Dia!
Vamos lá, deixe eu me esforçar para fazer uma descrição coesa.
Digamos que “Pau que nasce tordo nunca se endireita, menina que requebra a mãe pega na cabeça…”
Não droga! A descrição é a seguinte: Nesse episódio eu falo sobre trabalhar, e como eu todos os dias pela manhã eu desejo que aconteça um apocalipse econômico.
Caramba, consegui…